(47) 3321-2900

Checklist: prepare-se para vender muito mais na Black Friday

Estamos a pouco mais de um mês da Black Friday, uma das datas mais importantes para o comércio que vem conquistando a internet a cada ano. Na última edição, por exemplo, apenas entre os lojistas que utilizaram a plataforma da Nuvem Shop, o ticket médio de compras foi de R$ 224,00 – 43% a mais do que em 2014.

Considerando o grande potencial dessa época, você precisa se preparar devidamente para garantir o sucesso e não ficar atrás da concorrência. Preparamos esse artigo para ajudá-lo nesse desafio.

 

1. Verifique sua estrutura

A começar pelo básico: certifique-se de que absolutamente tudo no seu e-commerce tenha capacidade de atender ao grande fluxo de visitas e o aumento das vendas típicos da Black Friday.

Entre em contato com a sua plataforma de e-commerce (ou o seu desenvolvedor) para entender se os servidores estão aptos, faça estoque dos produtos mais populares, combine prazos menores ou mais flexíveis com seus fornecedores e treine sua equipe de atendimento ao cliente.

Justamente pela popularidade da data, não há tempo para errar: se você falhar em entregar um serviço completo e confiável para a tomada de decisão do seu visitante, ele simplesmente procurará outra loja para aproveitar as promoções que duram esse único dia.

 

2. Atualize sua identidade visual

Depois de preparar toda a sua loja virtual internamente, vale a pena se dedicar a diferenciá-la “por fora”. Uma maneira prática e eficiente de fazer isso é incluir banners especiais para a Black Friday, que abordem as vantagens em escolher o seu negócio (falaremos sobre elas no próximo tópico).

Você pode criar os seus com uma ferramenta como o Canva ou fazer o download de alguns prontos. Ambas as opções são totalmente gratuitas e atenderão ao seu objetivo.

Outra alternativa, se você tiver um pouco mais de tempo, é desenvolver uma versão temporária e temática do seu logo.

O ideal é apenas adicionar um elemento discreto (como uma etiqueta de compra, por exemplo) ou mudar as cores para preto e branco ou preto e vermelho, associadas ao evento. Mas tenha cuidado: a imagem original precisa ser preservada, ou sua identidade visual será perdida em vez de aprimorada.

 

3. Escolha cada benefício

Chegamos então à parte da preparação para a Black Friday que a maioria das marcas prioriza – mas que só deve acontecer depois das anteriores, especialmente a primeira. Trata-se de selecionar o que você vai oferecer de diferente para o seu público.

As possibilidades são inúmeras, mas sabemos que todas as pessoas gostam de uma boa promoção (e essa é a proposta principal da data). Então, escolha “a dedo” os seus produtos mais populares ou que estão em grande estoque e elabore descontos generosos para eles. Nada de aumentar o preço original alguns dias antes, combinado? Essa é um atitude que tira toda a credibilidade do seu negócio.

Além disso, para se sobressair, é interessante disponibilizar cupons especiais de frete grátis acima de determinado valor, descontos para categorias ou no valor final da compra. Conheça algumas ferramentas gratuitas que permitem a elaboração deles e seja criativo! Utilize-os também para recompensar e valorizar aqueles clientes mais fiéis.

Pensando na proximidade da Black Friday com o Natal, você pode incentivar os seus consumidores em potencial a comprarem um pouco mais do que eles estavam esperando através de combos de produtos. Faça pacotes com opções para toda a família ou que se complementem entre si e possam ser uma boa alternativa para presentear.

 

4. Capriche nas comunicações

Finalmente, é hora de mostrar seu e-commerce para o mundo! Confira se está tudo certo e dedique-se a produzir as comunicações que contarão todas as novidades para o seu público-alvo e o levará até o site.

As redes sociais são um canal que não pode mais ser deixado de lado, fazem cada vez mais parte da vida das pessoas e trazem um bom alcance. Desenvolva estratégias para cada uma delas, de acordo com o formato de conteúdo e o perfil dos seus seguidores.

O tradicional e-mail marketing também pode garantir uma quantidade significativa de visitas. Aproveite sua lista de contatos e envie mensagens periódicas com uma abordagem pessoal da data, animando o cliente a conferir as promoções ou utilizar os cupons. Inicie o envio com pelo menos duas semanas de antecedência, para dar tempo de tudo ser lido.

Caso seu orçamento permita, essa pode ser ainda uma boa oportunidade para investir em anúncios pagos no Google AdWords ou Facebook Ads. Experimente desenvolver campanhas com as palavras-chave mais populares na Black Friday, dando maior destaque aos seus produtos principais.

 

Mãos à obra!

Colocando todas essas dicas em prática, seu negócio certamente se posicionará sobre o evento de maneira muito mais eficiente e sólida. Você já desenvolve alguma estratégia especial? Compartilhe conosco nos comentários!

Sua vez de falar

Deixe seu comentário:

Seu email não será publicado.