(47) 3321-2900

Carrefour quer ser parceiro de redes regionais no Brasil

Modelo já é adotado na França e não tem relação com franquia

 

 

O bom desempenho das redes regionais, que crescem até quatro vezes acima da média do setor supermercadista, tem chamado a atenção do Carrefour. Tanto que a companhia estuda ser sócia dessas empresas no Brasil.

 

“Vamos estudar tudo. Qualquer forma de aliança que possamos fazer com grupos regionais nos interessa”, garante Noël Prouix, presidente do Carrefour Brasil.”Não estou falando de franquias. Parceria é um acordo que permite à família controladora manter-se dentro das empresas”, ressalta o executivo.

 

A companhia francesa sabe que muitas redes regionais, apesar da eficiência na operação, não dispõem de recursos suficientes para acelerar a expansão, além de sofrerem com problemas na sucessão. Por essas razões, parceria com um gigante do setor pode ser algo atrativo a esses empresários. “Podemos ajudar. E, ao contrário dos grandes fundos, o Carrefour não tem interesse em vender a participação após alguns anos”, afirma Prouix.

 

A companhia já realiza esse tipo de sociedade em seu país-sede. Na França, cerca de metade dos supermercados do Carrefour operam por meio de parcerias. O modelo é ainda mais adotado nas lojas de proximidade, formato em que 95% das unidades francesas são fruto de acordos com terceiros.

 

Fonte: Redação SA Varejo

Sua vez de falar

Deixe seu comentário:

Seu email não será publicado.